Perturbadoras

Indica vs Sativa

Para os mais entendidos isto não é novidade.

Mas para os mais distraídos pode fazer toda a diferença.

Mas afinal não é tudo a mesma coisa???!!!

Sim.

Do ponto de vista cientifico e legal é.

No entanto, na prática, a cannabis é constituída por um vasto espectro (existem diversos padrões de crescimento, qualidades e efeitos). Assim, os termos Indica e Sativa tornam mais fácil a distinção entre os extremos do espectro.

Esta variedade resulta da forte capacidade de adaptação da planta a diferentes ambientes.

marihuana-indica-sativa

Indica:

  • Originárias de países mais frios (a maior parte provém do Sul da Ásia);
  • São de baixa estatura e têm folhas mais largas;
  • Têm o efeito “pedrada” – efeito relaxante, mental e físico (maior probabilidade de sono).

Sativa:

  • Originárias de países mais quentes (regiões equatoriais);
  • São de estatura mais alta e têm folhas mais estreitas e longas;
  • Têm um efeito eufórico – pode ser enérgico, risonho, criativo e até mesmo psicadélico (menor probabilidade de sono).

tumblr_mh5uzbj8V41qlawkgo1_400_large

AVISO:

O THC oxida com o tempo, degradando-se em outros compostos que poderão causar um efeito idêntico ao de”pedrada”.

A cannabis perde qualidade.

Assim, evitem guardá-la em sacos de plástico.

É recomendável que guardem em frascos de vidro ou plástico (Tupperware) bem selados no congelador ou em locais frios.

Ainda há muito a explorar no mundo dos canabioides. Mas hoje ficamos por aqui.

Have a good trip :)

Salvia Divinorum

A salvia divinorum enquadra-se na categoria das drogas perturbadoras (psicadélicas) por conter a substância alucinogena natural mais forte de que se tem conhecimento.

Via de consumo:

  • oral (sublingual ou mastigar e engolir);
  • inalada (fumada).

Efeitos:

  • aumento da sensibilidade perceptiva (ex: cores ou sons mais intensos);
  • experiência de sonho criativo;
  • insights sobre questões pessoais;
  • aumento da temperatura corporal;
  • perspectivar ou dimensões e realidade alternativas;
  • descoordenação motora;
  • riso incontrolável;
  • sensação de paz;
  • percepção de confusão ou loucura;
  • visão em túnel;
  • sensação de voar, girar, flutuar ou virar;
  • sensação de se estar ligado a um “todo” maior;
  • dor de cabeça;
  • sensação de medo, terror, pânico;
  • aumento da transpiração…
Os efeitos variam de pessoa para pessoa.
Estes dependem do peso, da sensibilidade, da dose, do método de consumo e da potência da substância.
Os efeitos, por via fumada, surgem rapidamente (1-2 minutos), e podem durar até 20-45 minutos.
Se consumida por via oral, os efeitos demoram mais tempo a surgir mas prolongam-se por mais tempo (60-120 minutos).

Riscos:

  • dificuldade em integrar as experiências, excessivamente, intensas podendo provocar medo, terror, pânico;
  • a descoordenação motora pode originar quedas;
  • dores de cabeça após a passagem dos efeitos;
  • insónias;
  • alteração da consciência;
  • perda da percepção da realidade (aumentando o risco de se magoarem a vocês e/ou outros)…

Como podem reduzir os riscos:

  • Consumam apenas ocasionalmente;
  • Utilizem em pequenas doses;
  • Não misturem com outras substâncias;
  • Não é considerada uma droga de festas (a trip é muito pessoal e quase que não há vontade de interagir com outras pessoas), por isso utilizem-na num local seguro e tranquilo (deitem-se numa cama ou sofá e fechem os olhos para desfrutarem ao máximo da experiência);
  • Devem ter sempre um amigo presente (preferencialmente, sóbrio e com alguma experiência na utilização desta substância) para vos orientar na vossa trip e ajudar caso algo corra mal, por isso… NUNCA CONSUMAM SOZINHOS!!!

Divirtam-se com inteligência.

Reduzir os riscos é a melhor forma de desfrutarem ao máximo da vossa experiência.
Have a good trip :)

Cogumelos Mágicos

Existem muitas espécies diferentes de cogumelos psilocibinos, ou “cogumelos mágicos” (ex: Psilocybe mexicana, Psilocybe caerulescens, Psilocybe (ou Stropharia) cubensis, Pscilocybe wassoni, Stroparia cubensis…). Estes contêm substâncias activas como a psilocina e a psilocibina. Esta última é, quimicamente, semelhante ao LSD. Tal como o LSD, os cogumelos perturbam o funcionamento do Sistema Nervoso Central, e como tal são considerados drogas perturbadoras (psicadélicas).

Via de consumo:

  • oral (podem ser ingeridos crus, secos, cozinhados ou em infusões)
Dica:

São uma droga sazonal (Outono). Mas podem ser secos e armazenados.

Os cogumelos secos são aqueles que têm efeitos mais intensos.

 Mas… Atenção!!!

Se não percebem nada de cogumelos (quais são venenosos ou não), não se aventurem a apanhar na natureza todos os cogumelos que vos aparecem pela frente. Existem muitas espécies venenosas, algumas de grande toxicidade que podem levar à morte numa questão de horas.

Efeitos:
  • náuseas;
  • dilatação das pupilas;
  • aumento da pressão sanguínea e da temperatura;
  • ansiedade e vertigens (normalmente, desaparecem ao final de 1hora);
  • aumento da sensibilidade perceptiva (ex: cores mais intensas) com distorções visuais ou mistura de sensações (ex: os sons têm cores e vice-versa);
  • euforia;
  • bem-estar;
  • aumento da auto-confiança;
  • desinibição;
  • desorientação;
  • ligeira descoordenação motora;
  • paranóia (bad trips);
  • incapacidade de distinguir fantasia da realidade;
  • pânico;
  • depressão;
Os efeitos surgem cerca de 30 a 60 minutos após a ingestão, e podem durar até 6 horas.
Atenção!!!
Os efeitos dos cogumelos parecem estar associados às condições psicológicas e emocionais do consumidor, assim como ao contexto em que esse consumo se verifica.
Riscos:
  • Dores de estômago;
  • diarreia;
  • náuseas;
  • vómitos;
  • pode despoletar doenças mentais ou agravá-las;
  • acidentes devidos à incapacidade de distinguir a realidade da fantasia;
  • ingerir cogumelos venenosos;
  • os Amanitas Muscaria var. Muscaria (cogumelos vermelhos com pintas brancas) são uma espécie com princípios activos diferentes (logo a dose também é diferente), considerados perigosos por serem responsáveis por 90% dos casos fatais de envenenamento e porque o seu uso prolongado pode levar à debilidade mental (Atenção: existem muitas espécies extremamente, venenosas parecidas com esta. CUIDADO!!!).
Como podem reduzir os riscos:
  • Atenção às doses (depende da espécie);
  • Se se sentirem tristes ou depressivos não consumam;
  • Se é a primeira vez, experimentem com alguém que já seja utilizador desta substância;
  • Se se sentirem desconfortáveis procurem um local calmo, com poucos estímulos;
  • Não misturem com outras substâncias;
  • NÃO CONSUMAM SOZINHOS!!!
Divirtam-se com inteligência.
Reduzir os riscos é a melhor forma de desfrutarem ao máximo da vossa experiência.
Have a good trip :)

GHB

O GHB, abreviação de Gama-Hidroxybutyrate, enquadra-se na categoria das drogas depressoras (deprime o Sistema Nervoso produzindo efeitos anestésicos e sedativos). No entanto, tem também uma acção perturbadora (psicadélica).

Apresenta-se sob a forma de:

  • líquido (ligeiramente, mais espesso do que a água), incolor (embora possa ser tingido de qualquer cor), sem cheiro e um pouco salgado;
  • cápsulas (pouco frequente);
  • pó (pouco frequente).

Via de consumo:

  • oral (ingerida);
  • endovenosa (injectada).

Efeitos:

  • maior sensação de energia;
  • bem-estar;
  • euforia;
  • relaxamento;
  • aumento da auto-confiança;
  • desinibição;
  • tonturas;
  • abrandamento do ritmo cardíaco;
  • vómitos;
  • dores de cabeça;
  • amnésia;
  • perda do controlo muscular;
  • problemas respiratórios;
  • perda de consciência (ex: desmaio);
  • alucinações;
  • desorientação;
  • discurso incoerente;
  • coma;
  • morte.
Riscos:
  • convulsões;
  • problemas respiratórios (ex: falta de ar);
  • coma;
  • dependência física e psicológica;
  • morte.
Como podem reduzir os riscos:
  • NÃO MISTUREM COM ÁLCOOL E OUTRAS SUBSTÂNCIAS DEPRESSORAS (a mistura acentua os efeitos);
  • Consumam apenas ocasionalmente (assim estão a prevenir a dependência);
  • Consumam apenas em pequenas doses (doses pequenas podem ter efeitos desejáveis, mas um pequeno aumento da dose pode ter consequências fatais);
  • NUNCA CONSUMAM SOZINHOS!!!

Divirtam-se com inteligência.

Reduzir os riscos é a melhor forma de desfrutarem ao máximo da vossa experiência.
Have a good trip :)

Poppers

O Nitrato de Amyl (ou poppers como é, geralmente, denominado) é um liquido de cor amarelada e altamente inflamável.

É vendido, geralmente, em pequenas garrafas coloridas, para ser inalado. E é considerado uma droga perturbadora (psicadélica).

Efeitos:

  • agitação;
  • náuseas;
  • aumento do prazer sexual;
  • relaxamento muscular;
  • rubor facial;
  • dor de cabeça;
  • sensação de desmaio;
  • mau-estar;
  • problemas de pele à volta da boca e nariz…
Os efeitos duram apenas 2 a 3 minutos.
Riscos / Redução de Riscos:
  • Devem ter cuidado a usar porque pode provocar queimaduras na pele;
  • Não ingiram, pois pode ser FATAL;
  • Não devem misturar com estimulantes porque ambos provocam taquicardia.

Reduzir os riscos é a melhor forma de desfrutarem ao máximo da vossa experiência.

Have a good trip :)